Série:

Sensível-tátil

Mão-retrato-sensível-ritmo-força-ato-delicada.

Este ensaio propõe uma reflexão sobre a mão como retrato sensível da nossa ação no mundo.

 

A mão em sua multiplicidade de sentidos sugere muitas possibilidades de expressão do ser através dela como ferramenta, conjugando muitos verbos: amassar, abrir, enrolar, moldar, tocar, dobrar, curvar, gravar, torcer, segurar, cortar, enlaçar, despejar, suspender, apertar, apreender, ligar, serrar, cavar, acender, laminar, lixar, polir.

 

Tátil-retrato como expressão do seu sensível domínio do sujeito-corpo.

 

Não se trata de nostalgia, mas de evidenciar a mão esquecida como ferramenta de trabalho e de expressão, contrapondo a ideia de que os trabalhos relacionados à mão não requerem o pensamento.

 

A mão não é autônoma. É ortografia do retrato da alma.

Eduardo Beltrame

Fotógrafo com um olhar documental sobre o que acontece ao seu redor. Eduardo Beltrame é formado em Engenharia Civil, mas atualmente se dedica exclusivamente a fotografia, como profissão e como meio para expressar a sua visão do mundo. [...]

 

Leia mais

 

© 2013-2020 - Todos os direitos reservados. Eduardo Beltrame Fine Art Photography

Proibida a reprodução de qualquer imagem deste site - Florianópolis | SC | Brasil

Assine a minha newsletter

membro

associado

vamos_crescer_hor.jpg
  • Facebook Eduardo
  • Instagram Eduardo
  • Email
  • WhatsApp